sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

The Godfather Part II



Continuando na minha tentativa de visualizar todos os filmes de realizadores seleccionados por mim, assistí ontem ao filme The Godfather 2 de Francis Ford Coppola. Há uns dias atrás, visionei o primeiro desta triologia, The Godfather. Na altura escrevi aqui apenas uma frase de Balzac que dizia que por detrás de uma grande fortuna, existe sempre um crime.  Não me tinha ainda apercebido que aquela frase é a que começa a obra literária de Mário Puzo  que foi co-adaptada com o escritor e Francis Ford Coppola para o cinema. Neste sentido, percebi que a minha análise sobre o filme tinha que ser mais crítica e objectiva. Porque afinal eu não quero ser um mero espectador, quero poder encontrar nos filmes elementos que me proporcionem um maior conhecimento sobre esta forma de arte. Tenho lido algumas obras a esse respeito, isto é, sobre análise filmíca. Onde diversos autores analisam de uma forma pormenorizada todos os frames dos filmes. Porém, essa tarefa não me entusiasma muito, porque a acho um pouco aborrecida, mas serve de ponto de partida para perceber que por vezes para entendermos melhor um determinado filme temos que tentar ser mais observadores. 
Assim, começava por tentar  esmiuçar um pouco mais. Em primeiro lugar, gostava de falar da estética do filme. Fiquei completamente estupefacto com os cenários criados e os jogos de luzes que Coppola conseguiu introduzir no filme. O jogo de pretos e brancos criam um ambiente fantástico no filme e, sem dúvida, que o caracteriza com as personagens. Foi apenas uma impressão minha, mas fiquei com a ideia que o filme na primeira hora utilizava iluminação um pouco mais escurecida e que ao longo do filme a mesma foi aumentando. Liguei esta minha impressão, como a forma que Coppola se lembrou de criar um certo ritmo à narrativa. De resto convêm dizer que o filme ganhou o óscar de Best Art Direction - Set Decoration.
Em segundo lugar, as representações fantásticas de Robert de Niro e Al Pacino. O primeiro é Vito Corleone o segundo Michael Corleone. Em relação a Vito Corleone (Robert de Niro) começamos a conhecer o seu passado siciliano e a altura que ele teve que fugir da Sicília para os E.U.A por causa da máfia que o perseguia. Ao chegar a Nova Iorque, depressa se consegue estabelecer e começar a criar as bases do seu império da máfia. Já Michael Corleone (Al Pacino). É o chefe da família Corleone bastante anos depois da chegada do seu pai aos E.U.A. O seu posto foi conseguido por legado do seu pai, que no filme anterior tinha falecido. Michael sofre uma transformação tremenda ao longo do seu percurso. Uma nova identidade é criada, em alguém que no passado simplesmente recusou a tradição familiar ao alistar-se no exército para ir servir a nação na II Guerra Mundial. Porém esta nova identidade não mais é do que a manifestação da sua biologia, porque percebe-se que existem traços comuns do pai para o filho e vice-versa: a defesa da honra da família. Isto é visível na parte em que Michael manda assassinar o seu o próprio irmão que o traiu, e Vito assassina um chefe da máfia siciliano que muitos anos antes tinha mandado matar o seu pai porque o desonrou. Considero este pormenor a grandiosidade do filme, bem como a prova da mestria de Coppola que genialmente mostrou convicções e valores familiares de uma forma extremamente simples: pelo contraste. 

sábado, 23 de janeiro de 2010

2009 CG Retrospectiva

Na minha formação em Ciências da Comunicação, uma das aprendizagens fundamentais que tenho tido é que existem muitas formas de comunicar: o Cinema, a Imprensa, a Fotografia, a Internet, os VídeoJogos, etc. Contudo, ao longo da minha formação, e sempre com interesse, fui descobrindo novos termos que são utilizados no universo da comunicação. Um deles é o CG ou Computer Generated. Basicamente refere-se ao que é construído pelo humano em computador e pode-se segmentar em Computer Animation, Computer Art, Computer Graphics, Computer Generated Holography, Computer Generated Imagery, Computer Generated Mathematics (não descobri na Wikipédia um artigo sobre o tema) e Computer Generated Music. É uma área ainda um pouco estranha para mim, mas que tenho interesse em aprofundar um pouco mais. Nesse sentido, descobri que existe uma sociedade internacional de artistas digitais, a CG SOCIETY. Pelo que consegui perceber o seu principal objectivo é a promoção da área.
Fiquei ainda mais surpreendido quando vi no site da sociedade um artigo com o título CG 2009 Retrospective. Ao começar a ler é que comecei finalmente a perceber o universo que é esta área e como se torna interessante em aprofundar. Isto porque permite perceber realmente as potencialidades da área nas suas formas de produção que passam pelo cinema, vídeo jogos, softwares, pessoas, entre outros.
Como o próprio título do artigo refere, é uma retrospectiva sobre os vinte CG acontecimentos do ano transacto. Como se pode ler no lead, a área no ano transacto passou por uma série de transformações e a lista foi feita pela comunidade da CG SOCIETY. De seguida fica a lista traduzida para português através do GoogleTradutor. Evidentemente que a mesma não vai estar muito bem bem feita, porque neste aspecto a ferramenta é um pouco limitada, mas serve perfeitamente para o efeito daqueles que têm dificuldades em perceber o inglês como eu. De qualquer das formas fica o link para aqueles que quiserem lêr o artigo em Inglês: http://features.cgsociety.org/story_custom.php?story_id=5447



O ano passado foi cheio de previsões da tecnologia nova doce varredura em cinemas. As linhas de batalha foram sorteados um tempo atrás. Para os últimos anos, a tecnologia mudou-se para integrar com os estúdios de aumentar a produção de conteúdo 3D.'Up', 'Avatar','Céu nublado com a possibilidade de Meatballs","Ice Age 3","Toy Story 3","A ChristmasCarol' e muitos, muitos mais.
Um título de novo trabalho de stereographer assumiu seu verdadeiro significado. Os fabricantes de hardware também estão trazendo novas tecnologias de visualização 3D para o mercado. A revolução estereoscópica, quer se queira ou não, está avançando. Do lado de home theater das coisas, a primeira missa do mundo produzido em 3D full HD-monitores que também estão sendo liberados.




Desde trazendo Mudbox e seus criadores da Skymatter em 2007, a Autodesk parece ter-lhes permitiu expandir nas áreas que queria ir para dentro que me faz perguntar por que as pessoas mais não empurrar Mudbox mais acima esta lista do que é. Nós todos sabemos que há mais jogadores lá fora, fazendo as mesmas coisas.




Batman: Arkham Asylum bateu um monte de capas das pessoas.
Rocksteady Games usado uma incrível variedade de referência para a prisão de Arkham de Alcatraz, em San Francisco Bay. O Arkham Jardim Botânico são inspirados pela Palm House at Kew Gardens, em Londres sul.
O jogo e ambientes espectaculares The Game final empurrado Asilo Arkham para ser um jogo de sucesso destaque para o ano. A tripulação Rocksteady também usou o Unreal Engine para a criação de níveis e juram que permitiu um nível de liberdade de experimentar sem a assistência de código. "Em particular, o editor de materiais é muito poderoso, eo sistema baseado nó tem uma quantidade enorme de possibilidades", comentou Lead Character Artist Andrew Coombe.



Voltar na E3 de 2005, a Sony anunciou que a Guerrilla Games foi ocupado trabalhando em Killzone 2 para o Playstation3. [Isso foi antes do PS3 estava disponível.]
A Sony também prometeu que Killzone 2 seria superar radicalmente a face gráfica de qualquer Next-Gen no título da PS3 ou o Xbox 360 e um trailer mostrado na feira foi a prova. Guerrilla Games e Killzone 2 tem sido grande em nosso radar este ano aqui na CGSociety. Nós relatamos em The Game e do maravilhoso trabalho feito na Guerrilha.
Então, em artiste d'Ballistic's ': Character Modeling 3', Jan-Bart van Beek da Guerrilla Games leva os leitores os bastidores de criação de personagens de "Killzone 2", com tutoriais sobre os fluxos de trabalho para a criação de cabeças de caráter e da criação do personagem Sniper Helghast classe. Se você puder, The Game e comprar o livro.



CGSociety devorou o "Cloudy with a Chance of Meatballs história 'com prazer. Esta é uma comédia inspirada pelo livro infantil perenemente popular do mesmo nome por Judi Barrett e Barrett Ron, situado na pequena cidade de Chewandswallow.
O local é transformado em alimento final da luta, quando um jovem inventor tentativas de transformar água em alimentos, funciona. Uma história bizarra, duplamente, pois é tratada em 3D delicioso.
Se você receber uma chance, vai vê-lo em estéreo. Estou indo para o segundo.




O Curioso Caso de Benjamin Button (CCBB) é uma das mais incríveis saltos em um meio que vying para a substituição da cabeça realista.
Digital Domain retomou o projeto com a condição de que a tecnologia desenvolvida meticulosamente nova era capaz de servir a produção em vez de prejudicar o filme, e isso atrasou o projeto por alguns anos. Entrado em disputa para o Top 20 para este ano, porque foi lançado no início de Janeiro, CCBB tem um dos mais estranhos arcos personagem da história, e envolveu um pipeline de produção mais incomuns e cronograma.




O que começou como um projeto de tese UCLA tornou viagem Shane Acker em plena produção de filmes-tempo com Tim Burton para trás.
Cunhado como 'stitchpunk' por sua aparência única e gênero, '9 'foi aceite e elogiou como um passo espetacular longe da norma na história animada de apuração. Starz Animation em Toronto, assumiu o projeto eo levou até a sua conclusão.
Trabalhar com eles e confiante Starz com a produção foi uma grande lição aprendida por Shane Acker.




O CG produção da nota não foi ajudado de alguma forma por artistas que usou o Autodesk Maya?
Autodesk Maya 2010 combina as características do Maya 2009 Complete e Maya Unlimited 2009, que foi um movimento trouxe para aliviar a confusão sobre o que deveria ser omitido em um produto que se autodenomina 'Ilimitado' ou 'Concluir'. "Vamos dar-lhes tudo!"
Autodesk Maya 2010 inclui algumas de correspondência avançada para movimentação de habilidades, HDRI composição e alguns muito high-end lote mental ray recursos de renderização. Esta é uma consolidação honesta e completa, com algumas adições brilhante e características novas.




É tudo sobre a venda de produtos e 'Modern Warfare 2 "ou" Call of Duty 6 ", com a sua quota-parte desproporcionada da controvérsia sobre a descrição de ataques terroristas, se tornou o campeão de vendas para o final do ano rush. Outra crit foi que o jogo foi surpreendentemente curto para o hype gerado.
Usando um motor de jogo proprietário IW4, a Infinity Ward é baseado em um motor id Tech indeterminado. O novo motor pode acomodar mundos maiores, detalhe gráfico reforçada e mais eficaz prestação. Microsoft levou honras de topo do software, vendendo um escalonamento 4,2 milhões de cópias de The Game Xbox, mais que duplicando a versão PS3 da Sony, com 1,87 milhões.
Ser The Game mesmo, a guerra parece ser o controlador de guerra da era moderna.




Todo o conceito e idéia por trás de Uncharted 2 vem de Diretor de Arte Robh Ruppel. Então, disse Evan Wells, da Naughty Dog.
Ruppel explica como ele é extremamente orgulhoso da forma como o produto final excedeu em muito a idéia inicial por trás do conceito de arte. "Em muitos dos casos, o departamento de fundo 'perplexo' it. Torná-la mais rica, mais detalhada e mais .... simplesmente mais!"
Corrigir alguns dos problemas que estavam presentes no primeiro Uncharted e resolver novos problemas que surgiram durante o desenvolvimento de Uncharted 2 não completamente descansar sobre os ombros da Naughty Dog. Desenvolvedores de Killzone 2, LittleBigPlanet e Ratchet and Clank emprestou uma mão.




O que um filme! JJ Abrams pegou a essência da marca Star Trek. Eu tenho certeza que a maioria dos trekkies no mundo foram apaziguados quando se sentava a ver este incrível criação.
Em apenas seis meses, cerca de 800 tomadas de efeitos visuais da Industrial Light & Magic (ILM) e 150 da Digital Domain (DD) ajudou a trazer a visão de JJ Abrams para o grande ecrã. Um conjunto de práticas foi construído no parque de estacionamento Dodger Stadium para a seqüência Ir famosos. O grande desafio deste filme era escala. Para conseguir retratar os navios enormes, bocejando grandes distâncias e vazios awesome.
Com pintores matte criar magníficas vistas do planeta de gelo, e os melhores modeladores no mundo gerando a Empresa e essas criaturas estranhas, eles tiveram a melhor chance de sucesso.




Segunda parcela de Michael Bay faz todos os movimentos certos. Nas seqüências de luta da floresta, no gato vaccuming grande na pedreira, criaturas que já estão a altura das árvores de pinho são feitas para empurrar edifícios e caminhões sobre papel similar.
A escala dessas criações massivas são focados e eccentuated perfeitamente. Há realmente são criaturas demais a lista. É o menor cameo Transformers que eu senti que fez o melhor trabalho neste filme. Os robôs de cozinha. Wheelie. Soundwave. Astonishing trabalho com conexão humana bastante emocional para o leva a trabalhar como caracteres independentes.
As idéias por trás da invisibilidade do Homem Reed. Isabel Lucas, como Alice Pretender. A história é a única coisa que sofreu terrivelmente neste filme. Mas então, hey, como morrer CG-dura, eu não inteiramente cuidado.



A reação por parte da comunidade desenvolvedora de jogos para o Desenvolvimento Unreal Kit sendo disponibilizada gratuitamente foi alta e positiva.
Este movimento popular foi concebido para puxar tantos geeks habitação dispostos código em produzir um grande trabalho mais rápido com o motor proprietário. A captura foi que uma vez que um produto feito com o motor mais puxado E.U. $ 5.000, o pagamento foi, então, necessário.
As capacidades de processamento são surpreendentes e existem toneladas de modelagem, iluminação e equipamento de ferramentas no próprio motor, assim como a funcionalidade do terreno e construção de um sistema de efeitos de partículas. Na verdade, muitos dos melhores jogos no mercado foram desenvolvidos sob o código.




De todos os relatórios, o Microsoft Windows 7 é um passo muito positivo acima de Vista. Bem, ele deveria ser.
O preço para atualizar seu sistema de PC, algo que funcione corretamente, devem ser livres em toda a honestidade. Eu não sonho de tentar iniciar uma guerra por aqui plataforma calmamente afirmando há muitas outras alternativas para trabalhar no mundo Microsoft.
Esta é uma adição surpreendente para uma lista de CG-relacionados acontecimentos para 2009, mas suponho que, se esta atualização permite que os usuários de PC para começar realmente, com seus trabalhos, ela não pode ser de todo ruim.




A crescente onda de artistas estão tendo de usar ZBrush para suas necessidades de modelagem. Não apenas porque gostam da interface fortemente reformulado, mas também para a facilidade de moldagem e construção de personagens com o ZSpheres novo.
ZSpheres podem ser retiradas em qualquer lugar, a criação de extensões e forma em qualquer personagem. Isso ajuda os usuários a criar detalhes de seus personagens com muito pouco esforço. Ele funciona muito bem como o fluxo de trabalho retopology.
O uso de qualquer imagem como referência, este pode então ser usada como modelo para uma escova, pulverizado sobre ou moldado para a criação.


CG Stop motion foi reinventada em Henry Selick de "Coraline". A stop motion primeiro filmado em 3D estereoscópico (S-3D), durante a produção, Selick quis abordar um feito ainda maior: a criação de um verdadeiro filme de stop motion com transições suaves facial de animação em CG um hands-on médio.
Impressão 3D foi a sua resposta, e um programa exaustivo de mudança de caras como eles progrediram. Uma imensa quantidade de pós-produção foi necessário, tudo culminando com uma vibrante, colorida história contada de uma forma única.




O esforço incrível envolvidos na criação deste caleidoscópio visual incrível de destruição em larga escala é louvável. Os longos meses de recriar subúrbios a ser seguida, esmagou-se.
Aviões, trens e automóveis, ruas e prédios da cidade para ser criado e derrubadas. Eu saí depois muito bem esmagados até mim.
Mas eu estava apenas a meio caminho saciado. Destruição não porque não era suficiente. Houve apenas uma história nenhuma. Tendo gasto todo o esforço que a criação de efeitos visuais mais impressionantes, o mínimo que eles poderiam ter feito era trazer a história até o par de antemão.
Um filme escapista grande.



O diretor Neil Blomkamp produziu um curta-metragem e de alguma forma, Peter Jackson fez um cabo da idéia de ele criar um filme completo com a história.
Imagem-Engine Design em Vancouver, assumiu o cargo após a Weta tornou-se demasiado ocupados com a produção de 'Avatar'. VFX Supervisor Dan Kaufman dirigiu sua equipe para criar um filme tumultuada com as criaturas mais crível estrangeiro nunca trouxe para a tela, (a data).
Este acaba de ser visto para ser acreditado. Made on a minima comparação com Transformers 2, Terminator Salvation ou avatar, District 9 realmente conta cinco histórias em uma. Vá vê-lo.




A modelagem dos personagens de 'Up', a música, a iluminação, a história e toda a execução cômico do filme, fez a apresentação vale cada frame.
A "produção Up 'foi um contendor para fechar o primeiro lugar aqui no Top20 para 2009 e por uma razão muito boa. As sessões SIGGRAPH visto durante o ano passado falam do esforço e do talento que tenha em busca de uma história maravilhosa. 'Up' é contada com cores, formas, comédia e calor.




Ao mesmo tempo essa lista foi sendo gerado, parecia que todo mundo já estava empolgado para ver o filme Avatar, e pronto para oferecer uma experiência mais original, em 3D, CG completa e totalmente fantasia.
Eles até que votou em primeiro lugar antes que fosse liberado. Eu vi isso em 2D, 3D e IMAX 3D (duas vezes). Este filme não foi apenas uma boa história, mas eu acho que todo mundo sabe que vai ser falado para as próximas décadas.
O diretor James Cameron realmente colocar o script de longe anos atrás, porque ele decidiu os melhores efeitos visuais não poderia lidar com o desafio do momento. Agora é a hora.






Dark