segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Somos pequenos

Como tudo, somos pequenos perante as adversidades.
Como nada, crescemos e descrevemos.

A luta é de todos os dias e todas as noites.
Numa luta que dura anos e décadas até ao infinito.

Somos pequenos, quando queremos ser grandes.
Mais vale a pena ter um lugar na ponte, do que cair dela. 

Sem comentários:

A Mancha Humana

Philip Roth assume-se neste momento como o escritor que mais gosto de ler . Este é o meu segundo livro dele. E com o mesmo quero começar a ...