segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Um filme exclusivamente com Iphone 4

O bem conhecido realizador sul-coreano Park Chan-wook, conhecido principalmente pelo filme Old Boy (2003), filmou o seu último filme exclusivamente com o Iphone 4. O filme de trinta minutos titulado Ups and Downs, em coreano Paranmanjang, é um filme de fantasia-horror, que conta a história de um homem de meia idade que apanha o corpo de uma mulher enquanto pesca durante a noite e vai estrear nos cinemas sul-coreanos ainda durante este mês.

Poster do Filme

Apesar de algumas limitações da câmara do Iphone (que na sua última versão filma em HD), o realizador disse que a ferramenta trabalhou bem para a realização do filme. Aliás, Park realçou, em declarações ao The Guardian, que a principal diferença era o tamanho da câmara e a portabilidade e que a nova tecnologia provoca estranhos efeitos, porque é nova e as pessoas que vão ver, eventualmente, o filme, também a usam.


O Iphone 4 foi usado para todos os processos da produção: a escolha de um local; para os castings, o making of e o filme em si. As primeiras críticas dizem que o filme é muito bom e apenas destacaram algum tipo de tremor no início. Conjuntamente, o irmão mais novo de Park, Park Chan-kyong e a distribuidora exclusiva do Iphone 4 na Coreia do Sul, KT, também participaram na realização do filme. A KT pagou parte do orçamento do filme que foi de $130,000. 
Esta é mais é uma acendalha para a discussão que tem havido sobre a controvérsia e preocupação da passagem cinematográfica do velho "filme" para o digital. Mais exactamente, daqueles que duvidam que o Iphone 4 ou qualquer outro smartphone possa servir para filmar um filme. 
No meu caso pessoal, não vejo grandes problemas que o filme tenha sido filmado com um Iphone ou qualquer outra ferramenta. Eu sou daqueles que acredita que a experiência cinematográfica está na obra final e não no processo. Não descarto a importância do processo, da técnica e até do conservadorismo que alguns cineastas impõem como marcas de autor. Todavia, não sou nenhum realizador de cinema, sou um mero espectador cinéfilo que aprecia um bom filme. Independentemente da técnica, para mim o que conta é  a obra e muito sinceramente admiro muito a criatividade que as novas tecnologias podem contribuir para esta forma de arte. 
Embora ainda não tenha visto o filme, acredito que tenha o mínimo de qualidade vindo do realizador que vem. E mesmo porque as primeiras imagens e opiniões mostram uma boa cinematografia. Se não veja-se o primeiro screenshot do filme:


 Ou mesmo até o que o Wall Street Journal escreveu sobre o aspecto cinematográfico.
The quality of the cinematography is quite good, except for a little shakiness in the beginning. And the fact that the screen is coarse works to the film’s advantage, especially on the night scenes given its life-and-death theme.


Sem comentários:

A Mancha Humana

Philip Roth assume-se neste momento como o escritor que mais gosto de ler . Este é o meu segundo livro dele. E com o mesmo quero começar a ...